terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Oração para o lar



A bênção da casa
“Que Brigid dê sua bênção,
Para essa casa.
Que o brùnaidh dê sua bênção,
Para essa casa.

O teto e a estrutura,
As rochas e as vigas,
O barro e a cerca,
O topo e a fundação,
A janela e o madeiramento,
Do piso ao teto.

Oração antes de dormir I



Oração do descanso
“Brigid, proteja essa casa, seus mantimentos, minha família,
Proteja todos os que estão dentro dela essa noite,
Proteja-me e proteja todos aqueles que amo,
Proteja-nos da violência e do dano,
Proteja-nos dos nossos inimigos essa noite,
Grande e brilhante tocha de Leinster,
Nesse lugar e em qualquer lugar onde estão essa noite,
Nessa noite e em todas as noites;
Essa noite e todas as noites.”

Oração antes de dormir II


Oração do descanso
“Abençoem, ó deuses, esta casa,
E todos que descansam nela essa noite.
Abençoem, ó deuses, meus amados,
Em qualquer lugar que eles estejam dormindo.

Na noite que é hoje,
E todas as noites;
No dia que é hoje,
E todos os dias.”

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Oração matinal I




Oração ao acordar I

“Abençoem, Ó deuses,
Minha vida e minha saúde;
Abençoem, Ó deuses,
Minha crença e minha situação;

Abençoem, Ó deuses,
Meu coração e minha fala;
E abençoem, Ó deuses,
O que quer que minhas mãos façam.

Que esteja comigo hoje,
O vigor e o trabalho matinal,
O costume e a calma da modéstia,
A força e a sabedoria do pensamento,
E que eu ande em teus caminhos, ó deuses brilhantes,
Até a hora que eu for dormir essa noite.”

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

O deus Lugh



LUGH
Deus de todos os ofícios e artes, dos guerreiros e dos juramentos

Fonte: Classic Mythology

Então Bres, filho de Elathan  disse: “Estou surpreso que o sol esteja levantando-se hoje no oeste, e não no leste como nos outros dias.” “Melhor seria para nós se fosse o sol,” disseram os druidas. “O que é então?” disse ele. “É a face brilhante de Lugh mac Ethlinn.”

                Lugh (pronuncia-se ) é outro deus bastante conhecido nas terras gaélicas, tanto que sua fama foi tão grande que seu nome é conhecido até mesmo na Ilha de Man. Embora pertença aos Tuatha Dé Danann, Lugh é fruto de uma união interclânica entre um Tuatha Dé Danann e uma divindade fomoriana. Ele possui uma rica tradição mitológica e folclórica, mas é difícil traçar seus atributos valendo-se apenas dessas evidências; é uma divindade complexa para ser descrita, pois possui tantos atributos que talvez possam ser resumidos em apenas uma característica principal: o deus de todas as artes.

Oração para Lugh I



Para Lugh
“Eu chamo Lugh do Braço Longo, o brilhante filho
De Ethne dos cabelos brilhantes e Cian do nome antigo,
Filho do pacto, filho da concórdia, filho dos clãs,
Unido ao poder e a lenda. Lugh de todas as habilidades,
Mestre de todas as artes e ofícios, rápido com uma espada
Ou com a doce fala, portador do célebre teixo,
Muitas são as nobres façanhas, muitas são os feitos de força
E espírito, muitos foram os perigos que enfrentou, as batalhas que lutou,
Os contos sobre você ainda são contados, Ó Lugh. Ó sábio,
Ó astuto, para qualquer problema você conhece bem
A melhor solução, para cada trabalho você tem
O talento, para cada tarefa, você tem as ferramentas.”

Fonte: Blog “Field of Stones – To Lugh”, disponível em: <http://fieldsofstone.tumblr.com/post/20704492246/to-lugh>.

Oração para Lugh II



Oração para Lugh
“Grande Lugh
Mestre dos artesãos
Líder dos artífices
Eu te chamo e te honro nesse dia
Tu és o das muitas habilidades e talentos
Eu te peço para brilhar sobre mim
E abençoar-me com seus dons
Dê-me a força nas habilidades
Torne hábeis minhas mãos e minha mente
Brilhe com sua luz sobre meus talentos
Ó Poderoso Lugh
Eu lhe agradeço por tuas bênçãos.”

Fonte: Blog “Land, Sea and Sky – Prayer to Lugh”, disponível em: <http://celticpagan.blogspot.com.br/2011/06/prayer-to-lugh.html>.  

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Gaeilge: Lição 5

Lição 5

Fonte: Erin's Web - Learn Irish Gaelic. Disponível aqui: <http://www.erinsweb.com/gae_index.html>. © Bitesize Irish Gaelic Ltd. 2014, unless otherwise stated. All rights reserved.

            Você já percebeu o uso frequente do que parece ser um acento sobre as vogais nas palavras irlandesas. O acento agudo (síneadh fada [SHEEN-uh FAH-duh] ou às vezes síneadh) não é de fato um acento, no entanto, mas ao invés disso, basicamente indica a extensão de tempo que você pronunciará a vogal. Por exemplo, a palavra pósta (POHS-tuh), que significa “casado”, tem o mesmo som de (oh) da palavra cnoc (kuh-NOHK), que significa “colina”, mas para pósta o som do (oh) é mais longo.

Gaeilge: Lição 4



Lição 4

Fonte: Erin’s Web - Learn Irish Gaelic. Disponível aqui: <http://www.erinsweb.com/gae_index.html>. © Bitesize Irish Gaelic Ltd. 2014, unless otherwise stated. All rights reserved.

            Nós começamos com o verbo na lição 2 e continuaremos com ele agora. A seguir, está a lista inteira do verbo no presente:

Gaeilge: Lição 3


Lição 3

Fonte: Erin’s Web - Learn Irish Gaelic. Disponível aqui: <http://www.erinsweb.com/gae_index.html>. © Bitesize Irish Gaelic Ltd. 2014, unless otherwise stated. All rights reserved.

            Uma das características da língua irlandesa moderna escrita é a frequência da letra “h” após as consoantes nas palavras.

            Geralmente, o “h” não é em si pronunciado, mas ao invés disso, indica uma mudança na pronúncia da consoante a sua frente. Essa mudança, chamada de “aspiração”, ocorre em outras línguas também. No inglês, por exemplo, você sabe que a palavra “philosophy” é pronunciada com o som do “f”, e não com o do “p”. O “h” após o “p” te diz isso, como em “Philip” ou “triumph.”1 Um alemão também pronuncia “ach” diferente de “ac” ou “ak”, pois ele sabe que o “h” indica uma mudança que na língua irlandesa chamamos de “aspiração”.

Gaeilge: Lição 2


Lição 2

Fonte: Erin’s Web - Learn Irish Gaelic. Disponível aqui: <http://www.erinsweb.com/gae_index.html>. © Bitesize Irish Gaelic Ltd. 2014, unless otherwise stated. All rights reserved.

            Você agora já está pronto para fazer uma entrada clássica na língua irlandesa aprendendo um importante verbo: (taw*).

            O serve para dizer onde algo está ou em que condição está, e, portanto, tem algumas das funções do verbo “ser/estar”.

            Para o som do “t” perto de um “a”, “o”, ou “u”, coloque a parte frontal da sua língua no céu da sua boca, com a ponta pressionando contra seus dentes frontais superiores e quase – mas não muito – saliente entre os dentes. Pronuncie o som do “t” por algumas vezes. Se você estender muito sua língua entre os dentes, você dirá o som do “th” inglês como em “that” ou “throw”. O irlandês não tem esses sons.

Gaeilge: Lição 1


Lição 1

Fonte: Erin’s Web - Learn Irish Gaelic. Disponível aqui: <http://www.erinsweb.com/gae_index.html>. © Bitesize Irish Gaelic Ltd. 2014, unless otherwise stated. All rights reserved.

                O propósito do curso é dar as pessoas, sejam elas descendentes de irlandeses ou não, um conhecimento prático da língua irlandesa. Esse curso começa com o básico e é inteiramente autônomo. Nós o planejamos especialmente para as pessoas que estudam sozinhas ou que estudam em pequenos grupos sem um professor, livros ou gravações.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

O deus Dagda

DAGDA
Deus do clima e da terra

An Dagda. Fonte da imagem: Land of Ever-Living Ones

“E tu, ó Dagda,” disse Lugh, “qual poder exercerá contra a tropa fomoriana?” “Não é difícil responder,” disse ele, “Ficarei ao lado dos homens de Erin, batendo, destruindo ou encantando. Seus ossos sob minha clava serão como pedras de granizo sob as patas das manadas de cavalos”

                Dagda (pronuncia-se dá-da) é o deus principal da religião gaélica, visto por todos como uma figura divina paternal e muito poderosa. Líder dos Tuatha Dé Danann1 e pai de muitos deuses conhecidos dentro da mitologia gaélica, Dagda é o protagonista de diversos contos eróticos e engraçados. Ele possui itens mágicos e é dotado de grande conhecimento, tal característica que lhe atribui o título de o homem que possui todo a sabedoria do mundo – ele é o cavaleiro que parenteia todos, o deus que controla o clima proporcionando aos seus filhos nada menos que a fartura de colheitas abundantes e generosas.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Oração para o Dagda II



Oração-poema ao Dagda
“Louve o poder do Todo Habilidoso,
O bom deus, doador generoso,
Gentil guardião do Caldeirão Undry;
Todo-pai, guardião do povo, feiticeiro,
Harpista das estações, senhor de batalha;
Ele que ri obscenamente, bebedor intenso,
Palhaço astuto, amante de Morrigan,
Pai de Brigid, senhor do Brugh,
Belo deus, condutor do sol.
Ruadh Rofesa,
Eochaid Ollathair,
Aed Abaid Essa Ruaid.
Viva o Dagda!”

Fonte: Blog “The World Swim, Waiting: Prayer poem to the Dagda”. Disponível em: < https://thewordsswimwaiting.wordpress.com/2014/01/02/prayer-poem-for-the-dagda/>.

Oração para o Dagda I



Ao Dagda
“Eu lhe chamo, ó Dagda, poderoso, bondoso,
Generoso, grande deus de muitos talentos,
Pai de filhos fortes e de bom coração,
Mestre de tesouros além da conta, seu caldeirão
Sempre cheio, suas árvores sempre pesadas com frutas doces.
Com sua harpa de carvalho você toca para trazer a terra
A uma nova vida ou a coloca no sono de inverno;
Em sua mão manejas a robusta clava com a qual você toma
Ou devolve vidas. Ó Dagda, deus de muitos nomes,
Tu que concede muitos dons, detentor do conhecimento
E portador da sabedoria, tu que faz maravilhas,
Defenda-nos em segurança, abençoe-nos com abundância.”

Fonte: Blog “Field of Stones: Prayer to Dagda”. Disponível em: < http://fieldsofstone.tumblr.com/post/19752934430/to-the-dagda>.