segunda-feira, 2 de abril de 2018

Uma amostra da magia popular irlandesa

Em todas as épocas, a magia desempenhou um papel muito importante na vida cotidiana dos irlandeses (e dos gaélicos em geral), especialmente entre a classe rural. Ainda que tenham absorvido grande influência do Cristianismo, muitas desses encantamentos tradicionais carregam a sabedoria, a visão de mundo e uma “fórmula” que supostamente tiveram suas origens nos tempos pré-cristãos – como o chamamento de divindades pré-cristãs, a ocasião em datas importantes para o paganismo na Irlanda e o próprio ato de fazer a magia em si, ainda que no passado, provavelmente, os camponeses não tenham visto dessa forma. 

Trocar os nomes de Paulo ou Miguel para Lug ou Dian Cécht, por exemplo, e chamar isso de magia tradicional irlandesa seja um insulto para essas tradições (muitas vivas até os dias de hoje em áreais rurais mais remotas), no entanto, muitos desses encantamentos podem ser adaptados ou tomados como inspiração para que possamos criar nossos próprios encantamentos – alguns sequer precisam de adaptação! E tendo em mente que, de longe, os encantamentos colocados aqui não fazem jus à quantidade dos encantos tradicionais, convido vocês a terem uma pequena amostra da magia popular (folk magic) irlandesa...

Fonte: WILDE, Lady Francesca Speranza. “Ancient Legends, Mystic Charms and Superstitions of Ireland.” 1887. Disponível em: < http://www.sacred-texts.com/neu/celt/ali/index.htm>. Acesso em: 02 de abril de 2018.


#1 Sonhos de amor

A menina que desejar ver seu futuro marido precisa ir para o exterior e reunir certas ervas na luz da lua cheia do ano novo, repetindo esse encantamento:

“Lua, lua, me diga
Quando verei meu verdadeiro amor?
Que lindas roupas vestir?
Quantos filhos eu carregarei?
Pois se meu amor não vier,
Sombria e triste minha vida será.”

A menina então pega três porções de terra com uma faca de punho preto, leva a terra para casa e a coloca dentro de uma meia esquerda com a liga da meia esquerda, coloca a meia preenchida debaixo de seu travesseiro, e sonha um verdadeiro sonho do homem com quem ela se casará e todo o seu destino.

Resultado de imagem para foxglove
A dedaleira. 

#2 Para atrair abelhas

Junte dedaleira, folhas de framboesa, manjerona selvagem, menta, camomila e valeriana no dia primeiro de maio e misture as ervas com manteiga também feita no dia primeiro de maio. Cozinhe tudo com mel e então besunte o recipiente para onde quer atrair as abelhas, tanto o interior como o exterior, com a mistura. Coloque o recipiente no meio de uma árvore e as abelhas virão logo. A dedaleira ou “dedos de fada” é conhecida como “a grande erva” pelas suas propriedades maravilhosas.

Resultado de imagem para milefólio
O milefólio. 

#3 Um encanto para proteção

Colha dez folhas de milefólio, guarde nove e jogue a décima para os espíritos. Ponha as nove folhas em sua meia, de forma a ficar debaixo do calcanhar do pé direito, toda vez que for para algum lugar, e o Maligno não terá poder sobre você.

#4 Para dores

“Eu mato o mal. Eu mato a verme na carne, a verme na grama. Eu coloco um encanto venenoso na dor mortífera. O encanto que foi colocado por Pedro e Paulo. O encanto que mata a verme na carne, no dente, no corpo.”

Essa oração deve ser dita três vezes enquanto se esfrega manteiga no lugar da dor.

Um outro encantamento.
Um encantamento feliz e brando, um encantamento que Cristo descobriu. O encantamento que mata a verme na carne.

“Que Pedro leve, que Paulo leve, que Miguel leve a dor embora, a dor cruel que mata as costas e a vida e escurece os olhos.”

Essa oração deve ser escrita e amarrada em um pé de coelho, devendo sempre ser usada pela pessoa aflita, pendurada ao redor do pescoço.

#5 Um encantamento muito antigo contra feridas ou envenenamento

“O veneno de uma serpente, o veneno de um cão, a agudeza da lança, não faz bem ao homem. O sangue de um cão, o sangue de muitos cães, o sangue do cão de Fliethas – estes eu invoco. Não é em uma verruga que eu coloco minha saliva. Eu atingo a doença. Eu atingo as feridas. Eu atinjo a doença do cachorro que morde, do espinho que fere, do ferro que corta. Eu invoco as três filhas de Fliethas contra a serpente.

Uma bênção nesse corpo para ser curado. Uma bênção para a saliva. Uma bênção para aquele que expulsar a doença. Em nome de Deus. Amém.”


Resultado de imagem para buttercup
O ranúnculo.

#6 Uma cura para o gado

Pegue nove folhas de um ranúnculo macho, colhido na noite de um domingo. Esfregue as folhas em uma pedra que nunca foi movida, desde que o mundo começou, e que nunca será. Misture sal e saliva e aplique o emplastro na orelha do animal doente. Repita o processo três vezes se for para um humano e duas vezes, para um cavalo.

3 comentários:

  1. Obrigado Lee, ficou maravilhoso .aqui é o Luiz vitor falando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz vitor carvalho3 de abril de 2018 17:12

      Amei demais!alguns da para eu práticar

      Excluir
    2. Luiz, quanto tempo! Está tudo bem?
      Obrigado pelo comentário! <3

      Excluir