quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Oração para o Sol

A’ Ghrian – O Sol

“Eu te recebo, sol das estações,
Conforme tu viajas nos céus acima;
Seus passos são fortes na asa dos céus,
Tu és a gloriosa mãe das estrelas.

Tu desces para o mortal mar
Sem aflição e sem medo;
Tu levantas na onda da paz,
Como uma jovem Rainha resplandecente.”


                Esta é a oração 317 do livro “Carmina Gadelica: volume 3” do Alexander Carmichael (um compêndio de orações escocesas que apesar de terem sido registradas em uma época cristã, ainda carregam muita sabedoria e resquícios da antiga fé pré-cristã dos gaélicos). Esta tradução do gaélico foi feita pela Kathryn Price NicDhàna em seu blog “Amhran nam Bandia”, e pode ser usada para saudar as deusas solares – Áine ou Grian – em ambos os solstícios (substituindo “sol” por “Grian” no solstício de inverno ou por “Áine” no solstício de verão, ou mantendo a oração original mesmo) para saudar o sol na alvorada.


Fonte: Blog “Amhran nam Bandia – Grian-stad Geamhraidh: A’ Ghrian”, por Kathryn Price NicDhàna. Disponível em: < http://nicdhana.blogspot.com.br/2009/12/grian-stad-geamhraidh-ghrian.html>. Acesso em: 23 de dezembro de 2016.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário