quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Os métricos Dindshenchas: Temair III



Poema/história 3
Temair III

1. Temair, a mais nobre das colinas,
Sob a qual está Erin dos sulcos,
A elevada cidade de Cormac, o filho de Art,
Filho do poderoso Conn das centenas de lutas.


2. Cormac, sua prosperidade era constante,
Ele foi um sábio, ele foi um poeta, ele foi um príncipe;
Ele foi um verdadeiro juiz dos homens de Fene.
Ele foi um amigo, ele foi um companheiro.

3. Cormac, que venceu cinquenta lutas,
Disseminou os Salmos de Temair;
Nesses Salmos existem
O melhor que temos da história.

4. São esses Salmos que falam de
Sete altos reis bélicos de Erin;
Faz os cinco reis das províncias,
O rei de Erin e seu vice-rei.

5. Neles estão escritos em cada mão
Qual é o direito de cada rei de uma província,
Qual é o direito de cada rei de Temair ao leste
A partir do rei de cada província melodiosa.

6. A correlação, a sincronização de cada homem,
De cada rei, um junto com o outro;
A delimitação de cada província marcada por uma pilha de pedra,
Do pé até uma divisão1 inteira.

7. Trinta divisões em número encontra
Nas divisões de cada província;
Em cada província delas estão
Sete nobres contagens2 das fortalezas chefe.

8. Cormac sabia o número sendo rei;
Ele fez o circuito de Erin três vezes;
Ele trouxe um refém para cada cidade murada,
E os mostrou em Temair.

9. Duma na Giall (pureza das palmas)
É chamada assim devido aos reféns que Cormac trouxe;
À Cormac foi revelada em sua casa
Cada maravilha que está em Temair.

10. Lá foi revelado à Fergus, como é,
O lugar no qual está a Cruz de Fergus;
O Declive das Bigas marca os limites
Entre ele e as Trincheiras Tortas.

11. As Trincheiras Tortas onde eles matam as donzelas,
As Trincheiras Tortas das relações tortas
A oeste de Rath Grainde abaixo,
Eles permanecem livres da decadência, ambos.

12. A leste do Rath Grainde no vale
Está o Pântano da forte Temair;
A leste do Pântano estão
Rath3 Nessa e Rath Conchobair.

13.  A Medida da Cabeça do cruel Cuchullin
Está ao nordeste do Rath Conchobair;
A dimensão de seu Escudo sobre seu Ornamento
É maravilhoso e grande.

14. O Túmulo de Mal e Midna
Está em Temair desde a sua morte:
Seu túmulo e seu sepulcro
Foi por conta da cabeça que ostentaram.

15. Vamos considerar também o Salão dos Heróis
Que é chamado de o Palácio das Mulheres Vaidosas;
A Casa dos Guerreiros, este não era um salão médio,
Com quatorze portas.

16. O Monte das Mulheres após sua traição
Era pesado perto da estrutura superior;
Ao sul estão Dall e Dorcha,
Eles foram curvados, ambos da mesma forma.

17. Dall está a sudoeste do triste Dorcha,
Por causa deles foi chamado Duma Dall-Bodra;
Cada um deles matou o outro
Na luta sobre suas esmolas.

18. O anão veio, para sua tristeza,
Para se interpuser entre eles,
Então eles mataram o anão
Debaixo de seus pés, pela obscuridade da visão.

19. A oeste do Túmulo desse anão
Estão Mael, Bloc e Bluicne – tola era sua sabedoria!
Sobre eles estão as três pedras
Que o Príncipe da grande Macha arremessou.

20. O Talude secreto dos três Sussurros
Está entre o Salão e o Poço dos Heróis;
A Pedra dos Guerreiros está a leste da estrada,
Defronte ao Rath do Sínodo.

21. O Rath dos Sínodos, nobre excelência,
Está ao norte do Recinto de Temair;
A leste do Rath ao lado da Pedra
Está a casa de onde Beniat escapou.

22. O Sínodo de Patrício está no nobre Rath,
O Sínodo de Brandão e Ruadan,
O Sínodo de Adamnan depois disso,
Agregados para amaldiçoar Irgalach.

23. Abaixo do Rath dos Reis (isso não é falso)
Estão o Túmulo de Cu, o Túmulo de Cethen, a colina do Touro;
A leste do Rath está
O túmulo de Maine, o filho de Munremar.

24. Lá permanece ao sul do Rath do Rei
O Rath de Loegaire e sua Torre4
E seu Túmulo no chão de sua Torre;
O justo do Senhor o venceu.

25. Olhem a nobre Casa de Mairise
Chefe pela beleza em Erin;
Está extremamente a oeste, muito extremamente ao norte,
A posição a leste da Casa – foi um triunfo do construtor.

26. Lá esta situada
A casa, na margem de Nemnach;
Sobre essa casa, distante sobre Meath
Foram espalhadas as casas de Temair.

27. Temair, de onde Temair Breg foi nomeada,
Talude de Tea, esposa do filho de Miled,
Nemnach está a oeste dela, um rio através do vale,
No qual Cormac colocou o primeiro moinho.

28. Ciarnait, serva do justo Cormac,
Costumava alimentar muitas centenas com o seu moinho manual5,
Dez volumes por dia ela tinha que moer,
Não era tarefa para um preguiçoso.

29. O nobre rei foi até ela em sua tarefa
Sozinha em sua casa,
E a pegou com uma criança, secretamente;
Em breve, ela ficou capaz de fazer moagens pesadas.

30. Por isso, o neto de Conn ficou com pena dela,
Ele trouxe um construtor de moinhos sobre o amplo mar;
O primeiro moinho de Cormac mac Art
Foi uma ajuda para Ciarnait.

31. O Caprach de Cormac está no Rath dos Reis;
A leste do Rath dos Reis (que é a verdade disso)
Está o Poço da Numeração dos Clãs,
Que é chamado pelos três nomes:

32. Liaig Daill Duib Duirb, Tuath Linde,
E Tipra Bo Finne,
Três nomes para designar,
Para tornar conhecido o poço de Temair.

33. Outra fonte (força ponderosa)
Que flui para o sudoeste de Temair;
Bezerro é seu nome, apesar de nunca ter mamado em uma vaca;
A Cozinha de Cormac está em sua margem.

34. Lá surge ao norte de Temair
Adlaic e Diadlaic da tropa;
Duas fontes fluem diversas dai
Descendo para o Carn5 dos Meninos.

35. Entre os dois Carns dos Meninos
Está o Deisel de Temair, ao sul de Crinna,
Um pasto que traz a sorte antes de ir para a morte,
Onde os homens costumavam fazer uma volta no sentido horário.

36. Ao norte da grande colina
Está o Rath de Colman, o marrom Domnan;
O Túmulo de Caelchu debaixo do equivalente a uma pilha de pedras,
Está ao nordeste do Salão das Mulheres de Temair.

37. Caelchu, o filho de Loarn, filho de Ruad,
Filho de Cormac Cas, que amava a vitória,
Foi o primeiro refém dos homens de Munster;
Dele descendem os príncipes de Ros Temrach.

38. A Casa de Temair, em torno da qual está o rath,
Deste foi dado para cada um o seu devido;
A honra ainda continua como tal para eles
Nas cortes dos reis e príncipes.

39. O Rei e o Chefe dos Poetas,
Sábio, fazendeiro, eles receberam o que era seu devido;
Camas que as tochas não queimam,
As coxas e a carne da coluna.

40. Médico e vela de carangueja7   
Mordomo, criado corpulento,
As cabeças8 das bestas para todos eles
Na casa do rei loiro.

41. Gravador, arquiteto famoso,
Fazedor de escudos, soldado forte,
Na casa do rei eles bebem um copo;
Isso era o seu adequado devido9 (...) um punho.

42. Bobo, jogador de xadrez10, um palhaço estatelado,
Flautista, fraudulento malabarista,
A canela era sua parcela de carne em verdade,
Quando eles iam para a casa do rei.

43. As canelas eram a parcela do nobre músico,
Ambos o tocador de flauta e o que compõe rimas,
O soprador de chifre, o flautista,
Ambos consomem as carnes partidas.

44. Um custo para o príncipe de Meath
Eram os sapateiros e os fazedores de pentes,
O devido do forte e hábil povo
Era a gordura da parte inferior do ombro.

45. As costas e as espinhas em cada moradia
Eram dadas aos druidas e porteiros.
O uruscla pertencia sem dúvida às donzelasA
Após servir a casa de Tara.

46. Colum Cille, que costumava resgatar cativeiros,
Travou batalha contra Diarmait;
Antes de ele ir para o mar
Os senhores de Temair lhe deram obediência.

47. A fé de Cristo que sofreu na carne
Trouxe toda a força para nada;
Por causa da tristeza do povo de Deus em sua casa
Ele não deu proteção para Temair.

Notas originais

A. Alguma parte de uma carcaça, o significado exato é incerto, ver Hermathena 48, 150. 

Fonte: GWYNN, Edward J. The Metrical Dindshenchas: vol. 1. Disponível em: < http://www.ucc.ie/celt/published/T106500A/index.html>. A versão em Gaoidhealg (Irlandês médio) está disponível em: <http://www.ucc.ie/celt/published/G106500A/index.html>.

Notas de tradução

1. Divisão. A palavra original em inglês é barony, que foi um termo introduzido na Irlanda pelos anglo-normandos, e designa a divisão de um município.

2. Contagem. A palavra original em inglês é score, que pode significar “contagem”, “ponto”, “pontuação”, etc., e também pode designar um conjunto de 20 coisas. Nesse último caso, poderia ser 20x7=140 nobres fortalezas chefe.

3. Rath. Um montículo de terra remanescente de habitações circulares na Irlanda.

4. Torre. O termo original em inglês é keep, o que na verdade é a torre central ou a mais forte de um castelo, para onde seus moradores se escondiam quando houvesse uma invasão.

5. Moinho manual. O termo original em inglês é quern, que consiste uma espécie de moinho “manual” com duas pedras circulares, onde a pedra de cima é esfregada contra a de baixo. Como não consegui encontrar uma tradução própria, optei pelo “moinho manual” que se adapta bem, de qualquer forma.

6. Carn. Cairn, provavelmente, que são monte ou pilha de pedras.

7. Vela de carangueja. O termo original em inglês é spencer, e pode significar coisas diferentes, como “vela de carangueja” que é um acessório náutico, ou uma jaqueta usada por mulheres durante o século XIX. Portanto, sua aplicação na frase é desconhecida para mim.

8. Cabeças. Também pode significar “chefes”.

9. Devido. Devido, original em inglês due, no sentido de algo que é lhe devido pelo direito, ou também, sua obrigação, dívida.

10. Xadrez. No texto em inglês, o termo chess é traduzido como xadrez, porém, no manuscrito original em irlandês, aparece a palavra fidchell ("42. Drúth, fidchellach, fuirseóir fáen,...") que não significam a mesma coisa. O fidchell, segundo o site "Wikipédia" foi um antigo jogo irlandês de tabuleiro com contraparte no País de Gales. Embora hoje não se saiba o método do jogo, suas regras e peças, acredita-se que este seja a origem do nosso xadrez moderno.  

Para ter a versão em .pdf, clique aqui.




Nenhum comentário:

Postar um comentário