domingo, 22 de setembro de 2013

Receita de Strùthan (Struan)



Fonte: www.tairis.co.uk
 
Strùthan

 Essa é uma versão mais moderna do tradicional struan de aveia, mas que ainda é atestado nas fontes. A receita tem algumas tentativas e erros para pegar o jeito, principalmente devido a imprecisão da receita em termos de quanto de leite ou de farinha é necessário em vários pontos, e em minha própria inexperiência em fazer esse tipo de bannock.

 Não fique com medo de experimentar temperos – uma vez que esse bannock é um pouco suave, frutas secas e alcaravia realmente ajuda a torna-lo mais gostoso. Cravos e cascas cristalizadas (ou cascas cítricas frescas) complementaria a alcaravia muito bem, ou você pode tentar trabalhar com uma boa quantidade de gengibre cristalizado e um pouco de pó de gengibre. A massa vai crescer um pouco, então o troque é fazer os struans tão finos quanto possível, caso contrário, você acabará com uma massa sólida e não comestível quando esfriar. Se eles ficarem um pouco muito espesso (veja a imagem a sua direita!), então é melhor comê-los quente.

Ingredientes – para o bannock¹ 

ü  1 libra de farinha
ü  1 colher de chá de bicarbonato de sódio
ü  Leite azedo (NT: ?) – o suficiente para formar uma massa
ü  1 colher de chá de sementes de alcaravia, para o tempero
ü  Groselhas secas, sultanas/uva passa, e/ou cascas cristalizadas

Ingredientes – para a cobertura

ü  3 colheres de sopa de melaço (cobertura dourada)
ü  2 colheres de sopa de leite
ü  1 colher de sopa de açúcar
ü  Farinha de trigo – o suficiente para fazer uma massa

Método de preparo

1. Aqueça o forno em cerca de 150°C, ou em fogo médio.
2. Prepare uma assadeira para os struans ficarem quando estiverem prontos para assar.
3. Peneire a farinha e o bicarbonato de sódio em uma tigela e faça um ‘poço’ no meio dela.
4. Gradualmente acrescente o leite até você ter uma massa viável. Enquanto faz, diga:

“Descendência e prosperidade da família,
 Mistério de An Dagda, proteção de Bride.”

5. Adicione a alcaravia e as frutas secas, ou quaisquer temperos que você quiser (o quanto quiser e desde que mantenha a massa viável para trabalhar – cerca de um ou dois punhados de fruta seca é o suficiente).
6. Molde a massa em um struan – seja um largo, fino, redondo, ou pequenos, que são para membros individuais da família ou participantes. Quando esfriam, eles se tornam duros, então faça-os o mais fino que puder.
7. Conforme você molda o struan, diga:

“Descendência e prosperidade para _ (nome da pessoa que receberá).
Mistério de An Dagda, proteção de Bride.”

8. Cada struan pode ser decorado com padrões para distinguir de quem é cada um, e se necessário, abençoe os bannock da família mais uma vez. Dada à temperatura necessária, carocinhos ou depressões são melhores, para você ter certeza que eles são distinguíveis uma vez que estiverem prontos.
9. Certifique-se de fazer um pequeno pedaço de massa para oferenda. Este pode ser assado com o resto dos struans ou queimado em um fogo para o propósito.
10. Asse no forno em uma assadeira em 150°C, ou em fogo médio, até eles começarem a ficar dourado (cerca de dez minutos ou mais para os struans individuais).
11. Enquanto estão no forno, misture os ingredientes para a cobertura de caudle, adicionando farinha o suficiente para fazer uma massa.
12. Cubra os struans com a massa e coloque-os de novo no forno até a cobertura de caudle cozinhar.
13. Qualquer struan que quebrar não deve ser usado.

Notas de Rodapé:
1. SHAW, Folksongs and Folklore of South Uist, 1977, p. 58.

Nenhum comentário:

Postar um comentário