domingo, 22 de setembro de 2013

Manannan, o Vitorioso



Manannan, o Vitorioso

 Adaptado do hino 77 do Carmina Gadelica, volume I. Para ser dito com uma oferenda.

Manannan, o Vitorioso,
Faço meu circuito sob teu peitoral,
Tu, Manannan do cavalo Enbarr,
E da brilhante Fragarach,
Matador de gigantes,
Esteja atrás de mim,
Guerreiro dos mares,
Guerreiro de todos os reis,
Oh Manannan, o vitorioso,
Meu guia,
Oh Manannan, o vitorioso,
A glória de meus olhos.

Eu faço meu circuito
Na companhia desse deus
Na planície fértil, no campo,
Na colina de urzes frias;
Embora eu viaje pelo oceano
E pelo árduo globo do mundo
Nenhum mal poderá cair sobre mim
Debaixo do abrigo de teu escudo;
Oh Manannan, o vitorioso
Joia do meu coração,
Oh Manannan, o vitorioso
Protetor da Ilha de Man.

Que o poderoso Manannan
Me conceda paz,
Com meus cavalos, com meu gado,
Com todas minhas ovelhas de lã.
Com as plantações crescendo nos campos
Ou colhendo em feixes,
Na planície fértil, no pântano,
No nabo, no montão, ou na pilha.
Qualquer coisa no alto ou no baixo,
Cada mobiliário e gado,
Esteja sobre a proteção de Manannan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário