terça-feira, 19 de março de 2013

O Dagda e Ní Indech


O Dagda e Ní Indech

 Após a visita do Dagda ao território dos Fomoire, ele caminhava em direção à praia de Eba, com sua grande barriga devido ao fato dele comer aquela grande quantidade de mingau que havia sido preparada para Ele. O Dagda mal conseguia andar. Conforme andava, ele viu vindo em sua direção uma linda jovem com belas tranças.
Quando o Dagda a viu, ele a desejou, mas estava impotente devido ao tamanho de sua barriga, e por isso, a menina começou a zombar dele. De repente, ela começou a brigar com ele, e o arremessou com seu traseiro no chão.

 O Dagda olhou ferozmente para ela e perguntou, ‘Por que está me tirando do meu caminho?’ ‘Pois eu quero te levar de volta para a casa do meu pai,’ respondeu ela. ‘Quem é seu pai?’, disse o Dagda. ‘Indech, filho de De Domnan,’ ela disse. Então novamente, ela bateu no Dagda tão ferozmente, que saiu um excremento da barriga dele, e então ela começou a zombar dele. Ela o satirizou três vezes para que ele pudesse carregar ela em suas costas. ‘Não posso carregar ninguém a não ser que diga o meu nome,’ disse o Dagda. ‘Qual é o seu nome?’ ela perguntou. O Dagda então disse à Ela todos os seus nomes¹. ‘Pare de zombar de mim, garota,’ disse o Dagda. ‘Isso certamente será difícil,’ respondeu ela.

 O Dagda então consegue levantar-se do chão, e pegou a menina em suas costas. Ele pegou três pedras e colocou em seu cinto, mas elas caíram uma por uma, e dizem, que na verdade, as pedras são seus testículos. A garota então pulou sobre ele, fazendo-o cair novamente e deixando a mostra seus pelos púbicos. Após ver isso, a garota e ele fizeram amor, e as provas do sexo permanecem até hoje na Praia de Beltraw.

 Após o sexo, a menina disse à ele: ‘Você não irá para a batalha de forma alguma’. ‘Com toda certeza eu irei,’ disse o Dagda. ‘Não irá, pois eu serei uma pedra em seu caminho,’ disse ela. ‘Pode até ser, mas eu baterei ferozmente nas pedras do meu caminho, e a marca da minha Clava ficará nas pedras para sempre,’ disse o Dagda. Insistindo, Ní Indech diz, ‘Pode até ser, mas as pedras serão reduzidas à pedaços tão pequenos que não dará para você ver. Você não irá passar por mim até eu chamar os filhos de Tethra dos Montes-Fadas, pois eu serei um Carvalho Gigante em seu caminho.’ Por fim, o Dagda respondeu: ‘Eu passarei, e a marca do meu machado ficará para sempre nos Carvalhos.’ Por último então, ela disse ao Dagda que na hora da Batalha de Moytura ela cantaria feitiços sobre as tropas dos Fomoire, e praticaria contra eles a mortal “arte da varinha”, que ela sozinha derrubaria um nono da tropa.

Rodapé:

 1. Os nomes que o Dagda cita são: Fer Benn, Fer Benn Mach, Fer Benn Bruach Brogaill Broumide Cerbad Caic Rolaig Builc Labair Cerrce Di Brig Oldathair Boith Athgen mBethai Brightere Tri Carboid Roth Rimaire Riog Scotbe Obthe Olaithbe.

Fonte: Cath Maige Tuired, “A Segunda Batalha de Magh Tuired” (Versão traduzida de Elizabeth A. Gray).

Nenhum comentário:

Postar um comentário