sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Cosmologia

2°. dia - Cosmologia

 "Havia um poço em Síd Nechtain que guardava a fonte do conhecimento e era protegido pelo deus Nechtán e seus irmãos - Luan, Lam e Flésc - que não podiam deixar ninguém se aproximar do poço, a não ser, eles mesmos. Bóann, a orgulhosa esposa de Nechtán, decidindo testar os poderes do poço, vai até o mesmo e gira três vezes na direção anti-horária. Ao fazer isso, três violentas ondas saem de dentro do poço, correndo atrás da formosa Bóann que correu até se cansar, e a onde então mutila seu braço, um olho e sua perna, e por último, a afoga. A partir desse ato, o rio Boyne foi criado."

 "O Dagda fez para sua filha Ainge um grande barril de madeira, pois quando a maré do Rio Boyne estava alta, havia goteira dentro do Brugh na Boinne. Ainge não ficou satisfeita com o presente de seu pai, e então, decidida a fazer um barril melhor, recolheu todos os tipos de madeiras para fazer seu próprio barril. Gaible, o pálido filho de Nuada, roubou as madeiras de Ainge e os arremessou longe. No lugar onde caíram, nasceu uma bela floresta que hoje é conhecida como a 'Floresta de Gaible'."

 "Quando Cailleach Bheur estava construindo as montanhas da Escócia, ela carregava pedras e terra em uma grande cesta presa em suas costas. Quando Cailleach se desequilibrava, a cesta inclinava e a terra e as pedras caíam, formando ilhas. Estas ilhas eram chamadas de os 'despejos da cesta da Cailleach'."

 "Cé, o habilidoso druida de Nuada, após sair ferido da Segunda Batalha de Moytura. Muito cansado, ele viu uma bela planície cheia de flores. Seu coração foi preenchido com um desejo muito grande de chegar até aquela planície, e quando chegou lá, devido ao seu cansaço e a gravidade de suas feridas, ele morre. Após sua morte, uma lago rompe do chão e inunda toda a planície, dando origem ao Loch Cé, ou como hoje é conhecido, o 'Lago Key'."

 Criação de rios, nascimento de florestas, formação de lagos e ilhas - mitos de criação. Tudo é uma questão de ponto de vista. 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário